Pages Navigation Menu

Diários de viagem

Sexta-feira, 01/06/2001

Posted by on jun 1, 2001 in 0, Diários Água Boa e Canarana | 0 comments

Deixamos Canarana-MT na manha de quarta-feira, por volta das 9h30. Um pouco antes, durante o café-da-manhã, havíamos tomado a decisão de seguir direto para Brasília. Pernoitar em Barra do Garças seria muito bom, mas não necessário. Como estamos com os gastos bem no limite, achamos mais prudente continuar viagem e chegar em casa no mesmo dia. Na primeira metade da viagem passamos pelos piores trechos: 20km de terra próximo a Canarana-MT e buracos no asfalto nos 280km até Barra do Garças-MT. Mesmo assim, tudo correu muito bem. Na terra, o maior...

read more

Terça-feira, 29/05/2001

Posted by on mai 29, 2001 in 0, Diários Xavantes | 0 comments

Nosso trabalho está chegando a sua fase final. Hoje, foi o último de produção de matérias. Saímos cedo de Canarana-MT e dirigimos cerca de três horas, mais da metade em estrada de terra, até a aldeia de Pimentel Barbosa. Ainda nos 40km de asfalto, passamos por dois filhotes de tamanduá e uma raposa atropelados. Em toda a viagem, víamos este tipo de acidente. É uma triste realidade, às vezes um estudo prévio de impacto ambiental poderia amenizar este problema. A BR-158, no entanto, foi construída na década de 1950 pela Fundação Brasil Central....

read more

Segunda-feira, 28/05/2001

Posted by on mai 28, 2001 in 0, Diários Água Boa e Canarana | 0 comments

Cada dia em Canarana é uma nova aventura… Pedro

read more

Domingo, 27/05/2001

Posted by on mai 27, 2001 in 0, Diários Xavantes | 2 comments

Leitores, gostaria de aproveitar esse espaço para falar de um assunto sério: a situação dos índios xavantes da reserva de Pimentel Barbosa. Como previsto, fomos hoje visitar duas aldeias, Tanguro e Caçula, que ficam dentro da reserva indígena de Pimentel Barbosa, a 70km de distância de Canarana-MT. Essa visita era muito importante para nós porque os xavantes foram o primeiro povo indígena encontrado pela Expedição Roncador-Xingu. Chegando lá, encontramos um quadro muito diferente do bucolismo xinguano. Aqui os índios já perderam parte de sua...

read more

Sábado, 26/05/2001 – Volta do Xingu

Posted by on mai 26, 2001 in 0, Diários Água Boa e Canarana | 0 comments

Acho que ontem foi um dia triste para todos nós. Foi difícil deixar para trás os amigos, índios e não-índios, que fizemos em terras xinguanas, sem contar com os dez dias de intenso aprendizado. Porém, tínhamos que dar prosseguimento ao nosso projeto. Antes mesmo de clarear, estávamos a caminho da aldeia Yawalapiti, onde pegaríamos a lancha. A volta se resume assim: Ualá na direção, paisagem bonita, muito frio, muito sono, biscoitos e barras de cereais, o sol das 10h trás calor, chegada ao meio dia, mais 3h30 de terra, caçamba do caminhão...

read more

Quinta-feira, 24/05/2001

Posted by on mai 24, 2001 in 0, Diários Parque Indígena do Xingu | 0 comments

Último dia no Xingu, marcamos de ir bem cedo para a aldeia Yawalapiti com a pretensão de aproveitar ao máximo o dia. Acordamos atrasados e corremos para pegar carona com a caminhonete do Posto. Por volta das oito horas chegamos à aldeia e sentamos no centro, como sempre fazemos, para conversar com Aritana, Aiupú, Tapi, Aumaury e os outros homens da tribo. No dia anterior, havíamos combinado de emprestar nosso telefone Globalstar para que Aritana pudesse ligar para a casa do Orlando Villas Bôas. Tudo funcionou perfeitamente, conversamos com o...

read more

Quarta-feira, 23/05/2001

Posted by on mai 23, 2001 in 0, Diários Parque Indígena do Xingu | 0 comments

EXPEDICIONÁRIO DA ROTA BRASIL OESTE NÃO TEME ONÇA Quarta feira, 23 de maio. Ficou marcado para irmos para a aldeia Yawalapiti, cerca de sete quilômetros do Posto Indígena Leonardo. Na saída, por algum mal entendido, o motorista da Toyota saiu e não levou o Fábio, que ainda tinha ido arrumar seus apetrechos de desbravador (cantil, faca, etc). Inconformado, não entendendo porque não o esperaram, chegou a dizer: - Não me esperaram, mas eu queria ir, não sei porque não me esperaram. Mas eu vou de qualquer maneira, nem que tenha que enfrentar onça...

read more

Terça-feira, 22/05/2001

Posted by on mai 22, 2001 in 0, Diários Parque Indígena do Xingu | 0 comments

Noite passada, uma onça andou passeando aqui pelo Posto Leonardo. Logo após uma apresentação de uns índios Guaranis, de São Paulo, que vieram conhecer o Xingu, ficamos conversando com o pessoal que trabalha aqui no posto. Às 11h e pouco, desligaram o gerador, nossas únicas fontes de luz ficaram sendo um lampião e uma lanterna com as pilhas fracas, ou seja, não dava pra enxergar muito longe. Bem, não sei se a escuridão deu asas à imaginação, mas o Fernando e uma colega, a Danuzia Maria, garantiram que ouviram um esturro perto de onde...

read more

Segunda-feira, 21/05/2001

Posted by on mai 21, 2001 in 0, Diários Parque Indígena do Xingu | 0 comments

Aproveitamos o dia de hoje para fazer uma pequena viagem, fomos conhecer o Narro na aldeia Kuikuro. Com mais de 90 anos de idade, ele foi o primeiro índio xinguano a falar português, servindo de intérprete logo que a Expedição Roncador-Xingu chegou aqui. Muito velhinho, porém lúcido, ele tem sérios problemas de audição. O caminho até lá foi bem cansativo, navegamos cerca de duas horas, aportamos, e andamos mais uma hora até a aldeia. Chegando lá, atravessamos um pântano com água até a cintura. Sem enxergar o chão, fomos tropeçando em paus e...

read more

Domingo, 20/05/2001

Posted by on mai 20, 2001 in 0, Diários Parque Indígena do Xingu | 0 comments

Leitores, Hoje vou escrever para todos os que conheço, mas principalmente para os colegas da Comunicação, professores e alunos. Primeiro queria contar que – não sei se já escreveram antes – a estadia aqui no parque é muito interessante, reveladora. Só para ter uma idéia: para chegar na aldeia Iaualapiti, nós pegamos carona no barco do cacique Aritana, dirigido pelo seu filho, Ualá, de 14 anos. Até aí, tudo bem, mas existe algo que, para mim, é extraordinário: o garoto dirigiu o barco à noite, sem nenhuma iluminação, por quase seis...

read more
Anúnios (via google adsense)