Pages Navigation Menu
Porque você está vendo estes anúncios? Saiba mais



Pequeno exemplo às margens do Velho Chico

O rio São Francisco guarda algumas surpresas às suas margens, e uma delas é a pequena cidade de Itacarambi – MG. Com pouco mais de 17 mil habitantes, a cidade é toda arborizada, pintada com cores alegres, bem limpa e hospitaleira. Há pouco tempo a cidade foi elogiada num encontro de prefeitos ribeirinhos que reuniu representantes de cinco estados na nascente do rio, em São Roque de Minas. O motivo é que Itacarambi não polui o Velho Chico.

exemplo_1.jpg

A pintura de ruas e casas em Itacarambi – MG é uma das medidas para cativar turistas. Foto: Marcello Larcher

Estranhando a festa estava José Ferreira de Paula, agricultor que mora na cidade há 28 anos e há 19 está à frente da prefeitura da cidade. “Falaram lá em São Roque que Itacarambi não polui, mas isso é porque a prefeitura nunca teve dinheiro para jogar o esgoto no rio, se tivesse, estava poluindo”, afirma o prefeito. “Ninguém tinha informação, e o sonho da nossa administração era ganhar esgoto igual ao de todas as outras cidades”, justifica-se.

José de Paula lembra-se de sua primeira administração, em que as fossas sanitárias da cidade foram construídas. Faz tempo que Itacarambi não tem esgoto a céu aberto, uma lição que o governo federal, por exemplo, só aprendeu há pouco tempo. Agora, quase 20 anos depois das fossas, a cidade está pronta para se integrar ao progresso: metade da rede de esgoto está pronta, e a outra parte está programada para 2002.

Mas quem acha que agora Itacarambi vai poluir está errado. “A Copasa está terminando uma estação de tratamento, e vamos passar para 100% de esgoto tratado”, orgulha-se o prefeito. O segredo José de Paula não esconde: continuidade administrativa. Desde que um grupo de pessoas entrou em sua casa e pediu que ele aceitasse a prefeitura, ele e seu grupo nunca deixaram de trabalhar pela cidade. “Não vou dizer que não temos adversários, mas nunca fomos derrotados, e continuamos à frente da prefeitura”, orgulha-se José de Paula.

“O que essa gente precisa fazer é botar a mão nas coisas. Quando estive em São Roque não ouvi um colega, só falou governador, deputado e ministro, mas quem conhece e vive o problema do São Francisco, os prefeitos que administram as margens, não foram ouvidos hora nenhuma”, ataca José de Paula.

O próximo passo do prefeito é preparar a cidade para o turismo. Jardins, praças e a limpeza das ruas estão em dia. “Não sonhamos com o turista das capitais, como Brasília ou Belo Horizonte. A cidade é pequena e o que queremos é o turista aqui da região mesmo, de Montes Claros, por exemplo”, afirma. Mas ao contrário do que parece Itacarambi tem um potencial enorme: são ilhas do São Francisco, cavernas, cachoeiras e veredas para serem conhecidos.

Adsense
Anúnios (via google adsense)